Baobá e futebol: um legado eterno

O Baobá é a árvore símbolo da África. Ela chega a viver até 6.000 anos. A circunferência do seu tronco oco pode medir mais de 20m e armazenar até 120 mil litros de água. Seu fruto, o mucua, é considerado um superalimento, devido a alta propriedade nutritiva, assim como suas escassas folhas – que só aparecem 3 meses por ano – são usadas pelos povos africanos como remédios para várias doenças.

Foi aos pés dessa árvore tão simbólica que a TAP realizou, em 01.08.2017, seu primeiro
workshop de futebol para crianças moçambicanas da região de Pemba.
Clique aqui e confira mais detalhes.
A realização foi uma parceria com a organização internacional Iris Ministries, a qual há mais de 20 anos atua em Moçambique, dentre outras coisas, acolhendo órfãos e necessitados.

As aulas foram ministradas por Leonardo Burg (Léo), Diretor da TAP e técnico profissional de futebol, formado pela US Soccer Federation e Acreddited Interscholastic Coach pela NACIONAL FEDERATION OF STATE HIGH SCHOOL ASSOCIATIONS/USA. Léo iniciou no futebol aos 7 anos de idade no Pequeninos do Jockey, participando de competições como a europeia Gothia Cup e posteriormente atuando em times no Brasil e nos USA.

 

O workshop atendeu aproximadamente 150 meninos e meninas, de 10 a 14 anos, divididos em 3 turmas pela manhã e tarde. O foco das atividades foi no desenvolvimento técnico. “A impressão que tenho é como que esses garotos e garotas experimentaram algo que eles nunca tiveram antes. Então a novidade os deixou muito empolgados.” – relata Léo. “Vê-los sem chuteira, sem material, jogando com os pés descalços, ou com calçados de pés diferentes, com sandália, me deixou com um sentimento muito forte de que tenho de fazer alguma coisa para a gente mudar essa realidade.” – desabafa.

Jhonny, Maninho e Airo são alguns dos meninos que participaram das aulas e confirmaram, “Os treinos foram muito bons. Foi a primeira vez que fizemos algo assim. Foi muito bom! Queremos muito mais vezes isso.” Essa também é nossa vontade, vivermos muito mais vezes isso e propagar o amor e oportunidade a esses futuros homens e mulheres que transformarão Moçambique, promovendo um legado eterno e tão duradouro como o dos gigantescos Baobás Africanos.

2017-08-02T23:59:15+00:00 2 de agosto de 2017|

Leave A Comment